Sócios pressionam e podem votar na próxima segunda-feira “impeachment” de presidente do Blumenau EC
15/03/2018 09:20 em ESPORTES

Uma reunião da Associação dos Amigos do BEC nesta terça-feira decidiu pela convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária para o próximo dia 19 e deu um novo capítulo às desavenças entre a entidade formadas por torcedores e a atual diretoria do Tricolor.

O documento foi assinado por oito sócios proprietários e quatro sócios fundadores do novo Blumenau Esporte Clube – que foi criado em 2003, então com o nome de Sport Club Madureira – e prevê a necessidade de que a atual diretoria entregue a relação e dados pessoais de todo o quadro de sócios; preste contas dos exercícios 2015,2016 e 2017; e apresente justificativa por supostas irregularidades, como utilização de conta bancária particular para recebimento de valores do clube, cobrança de atletas para inscrições em campeonatos da Federação Catarinense de Futebol, confecção de contratos irregulares para venda de jogadores e ausência de contratos com fornecedores.

A tendência é de que os presentes votem pelo “impeachment” do atual presidente do Blumenau EC, Wanderlei Laureth, já que não há o indicativo de que os pleitos descritos no documento sejam respondidos. Sendo assim, conforme a própria associação, há a iminente possibilidade de que a assembleia destitua toda a atual diretoria executiva e defina por um novo mandatário provisório para o comando do Tricolor na noite de segunda-feira, dia 19.

Contraponto

O departamento do clube alega que há “diversas irregularidades” na convocação da assembleia: diz que ela não foi convocada via jornal de grande circulação, como prevê a legislação, diz que não foi respeitado o prazo de sete dias após essa publicação, diz que os sócios descritos no documento não tem poder de voto e diz que o Conselho Fiscal do clube não foi acionado, e que isso precisa ser feito antes que haja qualquer convocação. À coluna, o jurídico do Blumenau Esporte Clube alegou que está havendo um “constrangimento desnecessário”, ao se referir sobre a recente troca de farpas entre diretoria e Associação dos Amigos do BEC.

De um lado, a associação garante que a assembleia está mantida.

Do outro, o clube afirma que ela não terá efeito e promete ignorá-la.

Enquanto isso, o conflito continua.

Veremos os próximos passos.

Confira abaixo o documento encaminhado pela AABEC:

Documento

Documento

FONTE: JORNAL DE SANTA CATARINA- POR AUGUSTO ITTNER

FOTO: DIVULGAÇÃO

COMENTÁRIOS