Todas as 38 vagas do programa Mais Médicos no Vale do Itajaí já foram preenchidas
29/11/2018 17:34 em NOTÍCIAS

Levantamento do Santa mostra que os 17 municípios da região já confirmaram os profissionais que substituirão cubanos.

Todas as 38 vagas que foram abertas após o fim do convênio entre os governos cubano e brasileiro no Mais Médicos já foram preenchidas no Vale do Itajaí. É isso que mostra um levantamento feito pelo Santa e que consultou todos os 17 municípios que fazem parte do programa na região.

 

Vale lembrar que nesta terça-feira, um profissional de Minas Gerais começou a atuar em uma unidade de saúde de Navegantes. Ele é um dos 10 médicos que vão atuar no município. O prazo para que todos se apresentem às secretarias municipais de saúde é 14 de dezembro.

Confira:

Agrolândia

A cidade tinha dois médicos cubanos. Os substitutos já foram definidos, mas não disseram quanto se apresentam. Eles são considerados essenciais para o município que possui apenas cinco profissionais.

Apiúna

O município tinha um médico de Cuba. O substituto irá à cidade na quarta-feira para entregar os documentos à Secretaria de Saúde. Caso os trâmites corram sem empecilhos, ele começa a trabalhar no dia 10 de dezembro.

Aurora

A cidade tinha uma médica cubana no programa. O profissional que vai entrar no lugar já foi definido, vem de Rio do Sul, e já entrou em contato com a prefeitura que agora avalia a documentação.

Benedito Novo

Os dois profissionais que vão substituir a dupla cubana que atuava no município já assinaram o termo de adesão e chegam à cidade na metade da próxima semana. Eles devem começar a trabalhar no dia 10.

Botuverá

A cidade tinha um médico cubano. Conforme o município “já há profissionais inscritos para preencher a vaga”, mas a Secretaria de Saúde não soube passar mais detalhes.

Braço do Trombudo

Com direito a um profissional, a Secretaria de Saúde se resumiu a dizer que não recebeu o médico ainda, que ainda não há definição e que deve respeitar o prazo de 14 de dezembro.

Brusque

A cidade tinha dois médicos cubanos. As duas substitutas já estão definidas. Uma se apresentou ontem e deve começar na próxima semana. A outra se apresenta na segunda-feira à Secretaria de Saúde.

Gaspar

A cidade tinha dois médicos cubanos. Uma substituta vai se apresentar na próxima quarta-feira, e trabalhará na Margem Esquerda I. A prefeitura tenta contato com o outro profissional, mas ainda não teve sucesso.

Imbuia

A prefeitura chegou a contratar um médico temporário para preencher uma das duas vagas de cubanos. Isso porque a cidade tem apenas cinco médicos. Dos substitutos que vêm pelo programa, nenhum havia se apresentado ou entrado em contato com o município até ontem.

Itajaí

O médico que irá substituir o único cubano que atuava na cidade já foi definido, mas a prefeitura não conseguiu contato com o profissional para definir prazo e data de apresentação.

Lontras

Havia um médico cubano na cidade e já há um profissional inscrito para a vaga. Ele não passou um prazo ao município, que trabalha com a data limite de 14 de dezembro.

Navegantes

É a cidade que mais tinha médicos no programa: 10. Desses, dois já se apresentaram à cidade. A expectativa da Secretaria de Saúde é de que até sexta-feira os demais profissionais preenchem a vaga.

Porto Belo

Os dois médicos que vão substituir os cubanos já entraram em contato com a Secretaria de Saúde. Um começa a trabalhar no dia 10 e o outro não tem data definida.

Pouso Redondo

Havia três médicos cubanos atuando na cidade. Uma substituta já começa a atuar na próxima segunda-feira. Os outros dois ainda estão levando documentação à Secretaria de Saúde para entrar no programa.

Rodeio

Os profissionais que vão ocupar as três vagas que eram do programa devem começar a trabalhar no dia 10 de dezembro. Eles vêm de Curitiba, Tubarão e Itajaí e representam uma boa parcela do quadro clínico da cidade, que possui oito médicos.

Timbó

A cidade tinha três médicos e os substitutos já foram definidos. Dois já entraram em contato com a prefeitura. Um, inclusive, é de Goiás e chega à cidade no dia 6. Outro é de Florianópolis e desembarca na cidade no fim de semana.

Witmarsum

 

O município espera pela apresentação do nome do substituto, o único do programa na cidade. De acordo com a prefeitura, o profissional é da região e a ideia é de que no início do mês que vem ele possa começar a trabalhar.

FONTE: Por Redação Santa nsctotal@somosnsc.com.br

FOTO: Luiz Carlos de Souza, NSC TV

 

COMENTÁRIOS